Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

se hace camino al andar

se hace camino al andar

o perdão por um canudo

afinal há momentos em que ainda bate essa tristeza do desperdício do futuro, da mágoa de não ter sido suficiente para ele, de não lhe ter valido a pena mexer o rabo e lutar por nós, dele não ter sido gajo suficiente para olhar para dentro, aperceber-se, assumir e enfrentar, com tomates, e lutar a meu lado ou dizer-me: até aqui cheguei

 

broken-heart_0.jpg

 

publicado às 07:42

o copo meio cheio, se não cheio!!!

blue_sky_with_white_clouds_picture_3_165903.jpg

argumentando

não sei o que vestir, não ando criativa, ufffff ...  - está boa temperatura e tenho opções

é segunda, buachhhh - a semana pasada foi "comprida" e passou num instantinho! e preciso de rotina e calma

e ... e ... e ... - estou bem, os meus estão bem, deixa de ser "chorona"!

e a sorte que tenho com este trabalho?!! cheguei às 11h just because!!!!!!!!!!!!

 

publicado às 12:24

non achievements velhos

... praticamente a entrar na rotina dos dias sem terramotos emocionais, naquele suceder dos dias banais de actividades, compromissos e tarefas - boring.  Acabada a luta de sobrevivência, recuperada a estabilidade sentimental, aceite o novo caminho a sós, temo agora os demónios e vicíos intrinsecamente meus... Olho para a frente e vêjo-me com as minhas batalhas de sempre - porque sim, elas ainda aí estão. Ultrapassei "o problema externo" que me foi dado a viver sem escolha mas continuo a ter as pedras acostumadas no meu caminho ...

A vida é composta de problemas e desafios que vamos superando, a diferentes ritmos, para depois passar para outros. Vamos encalhando e superando. Sinto-me algo frustrada por AINDA nao ter superado uns velhos.

Ontem a P. disse-me para pensar no Verão ... e talvez seja isso, devo continuar a pensar por etapas, cada dia ou cada projecto um passo. Tentar ver o caminho todo que tenho pela frente pode ser abrumador. Mas isso acontece-me a mim como a qualquer outro!

Encarar cada desafio, cada problema e cada projecto conferindo-lhes a sua importancia e peso específico - não deixando que me puxem como um todo - e assim não perder a perspectiva.

E além disso, nestes meses anteriores aprendi coisas novas que me ajudaram e ficaram comigo para o futuro e voltei a saber-me capaz de muito.

Resto-me eu, para o bem e para o mal! Com a minha força e os meus eternos defeitos. 

keep-calm-and-say-yes-i-can-6.png

 

 

publicado às 11:44

caminho acompanhado

Hoje fechei o ciclo de ajuda que recebi com a psi. Não sei se foi psicanálise, se psicoterapia, se ... Não me interessam as etiquetas. Sei que tive imensa sorte em dar uma Professional muito boa e com a qual houve uma total empatia. Foram 5 meses de conversa e apoio indispensável. Ajudou-me a perspectivar os meus pensamentos e raciocínios tantas vezes em desnecessários e perigosos loops.

Agora caminho sozinha, como deve ser, e ganhei uma amiga 

publicado às 17:27

Dia da Mãe #2

Estava convencida de que já não me dava tempo a ser mãe porque até encontrar alguém, apaixonar-me e ter a segurança de que ía ser para sempre e quereriamos filhos ... passaría dos 40! Facto aceite. Certa pena mas nada de frustração, nem me pesou nunca.

A vida surpreende-nos quase sempre, dando a volta aos planos e aos timings imaginados.

Ele chegou e entrou pela minha vida adentro com passo calmo mas com segurança e profundidade e, assim que vi que não ía haver distância geográfica, deixei-me ir e ... de repente estávamos grávidos a viver juntos e depois casados e muito felizes!

Ser pais foi uma alegria. A vida sempre nos correu bem com um bebé saudável e normalmente fácil/difícil

Tivemos toda a ajuda possível de ambas as Avós babadas pelo que a vida a dois que continuámos a ter foi super fácilitada.

Ser mãe é uma alegria

dbb268fd19b0adc87554762200a2857d.jpg

 

publicado às 07:54

Dia da Mãe #1

Hoje vamos de fim-de-semana diferente. A dois e "a muitos".

Os Pirinéus são paisagem nova para o D. Haverá uma manhã e uma tarde a dois e um pouco de uma cidade nova para partilhar. Gosto muito de lhe mostrar lugares bonitos. Gosto muito de lhe tentar comunicar coisas importantes para mim. Adoro proporcionar-lhe experiências novas e que, espero, enriquecedoras. Viajar a 2 já comprovámos gostamos.

Este ano tem uma mãe mais feliz, mais calma. Pergunto-me em que notará diferença, ou sequer se a encontra! Balanço entre se lhe devo perguntar se dá por ela ou não ...

Nunca me exprime sentimentos ... não sei se fomos nós que não demos azo a tal ... se é característica dele ... Interessa algo partilhar os meus agora, estes novos? Transmito segurança se lhe confirmar por palavras que estou mais satisfeita por saber que posso contar comigo? Ou é demasiada informação que não necessita? ...

 

92452-5270454.jpg

 

publicado às 07:46

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub